Agende um teste grátis: insira suas informações e ligaremos para você!

    Conheça as perguntas mais frequentes

    Quanto custa um aparelho auditivo

    Qual é o preço de um aparelho auditivo?

    Quanto tempo dura um aparelho auditivo? | Audiograma

    Qual é a vida útil de um aparelho auditivo?

    Tenha perda auditiva nos dois ouvidos, preciso usar dois aparelhos?

    Tenho perda nos dois ouvidos, preciso usar dois aparelhos?

    Escuto mas não entendo

    Eu escuto, mas não entendo. Tenho perda de audição?

    Veja mais perguntas frequentes

    Quando uma pessoa tem perda auditiva, o cérebro deixa de receber estímulos auditivos, tendo assim dificuldade em localizar o som, compreender os sons da fala e ambiente, além de um esforço excessivo para compreender as palavras.

    Ao utilizarmos os aparelhos auditivos, (previamente selecionados e adaptados) fazemos com que as células internas da orelha voltem a receber os estímulos adequados. Com isso, o som chega de forma amplificada, melhorando a compreensão dos sons da fala e do ambiente.

    Assim nota-se a necessidade do uso diário da prótese auditiva, para uma melhor adaptação do aparelho, pois conseguimos manter o estímulo auditivo constante, resultando em uma melhora significativa na compreensão dos sons sem esforço.

    Os aparelhos auditivos não restauram a audição normal por completo, mas melhoram significativamente a qualidade de vida das pessoas com perda de audição e elas passam a ouvir e a redescobrir os sons de forma mais clara e com muito menos esforço.

    A tecnologia dos aparelhos auditivos avançou muito ao longo dos anos e hoje os aparelhos digitais contam com diversos recursos que buscam reproduzir as habilidades naturais da nossa audição. 

    Dentre os benefícios do aparelho auditivo, temos a troca automática de programas, atenuadores de ruídos de fundo, microfones direcionais com ênfase na fala, comunicação bilateral, por exemplo, que favorecem o entendimento em ambientes mais desafiadores.

    Além disso, alguns aparelhos oferecem conexão direta com smartphones, computadores e outros dispositivos eletrônicos, proporcionando aos usuários muito mais conforto e comodidade, otimizando a escuta em diversas situações.

    É de extrema importância evitar que os aparelhos auditivos tenham contato com qualquer tipo de umidade. Por ele ser eletrônico, a umidade danifica as peças internas e diminui a vida útil dos aparelhos, que gira em torno de 5 anos. 

    Devido à transpiração, o uso de desumidificadores (elétricos ou sílicas) são a melhor forma para que seu aparelho fique livre de qualquer pequena umidade. O ideal é que se use o desumidificador todos os dias (recomendado durante a noite).

    Lembre-se: Realize a higienização diária, com um pano seco ou papel toalha, para retirar qualquer cera ou poeira do aparelho. Vale ressaltar que é necessária a revisão completa de seu aparelho semestralmente em uma de nossas 11 lojas.

    AASI é a sigla para o nome técnico dos aparelhos auditivos: Aparelho de Amplificação Sonora Individual. Antigamente eles eram chamados de aparelhos para surdez ou aparelhos contra surdez. 

    O aparelho auditivo é um conjunto eletrônico que, com a energia de uma pequena bateria, ajusta dinamicamente os sons (da fala e do ambiente) para as necessidades do usuário do aparelho. Os aparelhos mais avançados utilizam chips digitais e sistemas computacionais para fazer esses ajustes em “tempo real” com regras e algoritmos sofisticados para facilitar a compreensão do usuário.

    Semanas ou meses, geralmente. Vai depender de fatores como: idade, o tipo (grau e tempo) de perda auditiva, os recursos do aparelho auditivo, o tempo de uso diário, como será o seu processo de adaptação e os ambientes sonoros que estão inseridos em sua rotina. 

    A validade de um exame de audição é de, no máximo, 12 meses ou até quando a pessoa perceber qualquer alteração na audição. Porém, ao realizar um novo exame é importante levar os últimos para o acompanhamento da evolução.

    Existem alguns tipos de exames de audição. A escolha vai depender de cada caso e a idade do paciente. 

    Eles são realizados com equipamentos calibrados anualmente em ambientes acusticamente adequados, por fonoaudiólogos habilitados. O exame de audiometria leva de 15 a 30 minutos, aproximadamente.

    Sim. Aqui na Audiograma, o seu aparelho auditivo tem garantia e a assistência técnica permanente para todas as marcas e modelos. 

    O tempo varia conforme marca e modelo, mas, para a maioria é de normalmente um ano.

    A escolha do aparelho auditivo depende de fatores como:

    • O tipo e o grau da perda auditiva
    • A anatomia da orelha e do conduto auditivo
    • O estilo de vida
    • O grau de dificuldade de compreensão de fala
    • A exigência estética
    • Estética do aparelho auditivo
    • A destreza manual
    • As restrições médicas (infecções recorrentes, por exemplo)

    Sim. Uma prótese é um produto ou engenho artificial que substitui uma função ou órgão do corpo humano em parte ou todo.

    Se no exame de audição da habilitação for constatado que a pessoa tem deficiência auditiva, então, legalmente, será obrigatório o uso de aparelho auditivo. Entretanto, mesmo que na CNH (carteira de motorista) não conste a obrigatoriedade, é interessante observar que na direção de um veículo, o som é um importante sinal de controle. Quem tem audição normal nem se lembra disso.

    Os aparelhos auditivos podem ser declarados no Imposto de Renda de pessoa física ou jurídica (declaração de IR: IRPF ou IRPJ). 

    Neste aspecto, é semelhante a outros produtos como celular ou televisor. Entretanto, só é possível deduzi-los como despesa médica se for parte integrante de procedimentos de uma internação hospitalar. Caso contrário, ela deve entrar simplesmente como uma despesa. 

    Os aparelhos auditivos são equiparados, pela Receita Federal, as lentes e os óculos – que também não podem ser deduzidos como despesas médicas. Caso você lance como uma despesa médica, o “leão” poderá pegar o erro e cobrará a diferença com multa. 

    Independentemente de ser dedutível ou não, é importante que a empresa forneça a Nota Fiscal do produto que você está adquirindo, e ela deve ser da empresa de onde você está comprando, não de terceiros, nem de outra cidade ou até outro estado.

    As baterias (ou pilhas) são muito pequenas e parecidas com as baterias de relógios. 

    Os códigos das pilhas (e as cores características para facilitar a memorização) específicas para aparelhos auditivos são em ordem decrescente de tamanho: 675 (azul), 13 (laranja), 312 (marrom) e 10 ou 230 (amarelo).

    As compras dessas baterias devem ser realizadas em lojas especializadas ou em empresas de aparelho auditivo.

    O Código de Defesa do Consumidor estabelece que em até sete dias, após o recebimento, você pode devolver qualquer produto que tenha comprado virtualmente, sem estar presente em loja física, mas, se você comprar qualquer produto em uma loja física, ela pode aceitar troca mas não devolve o valor. 

    Se o produto estiver com defeito de fábrica, a loja ou o fabricante dará assistência de garantia.

    Sim. As regulagens devem ser feitas principalmente na fase de adaptação do usuário. O ajuste inicial é baseado nos exames, pois eles visam adequar o aparelho de acordo com as preferências e necessidades cotidianas do usuário, que vai incorporando a prótese.

    A Audiograma oferece além do acompanhamento e assistência permanente, um programa de saúde auditiva e descontos para pilhas. Essa abordagem visa à atenção da empresa com a pós-venda.

    A forma mais comum é realizando a busca pelos registros da empresa em questão em portais do consumidor, como o PROCON e o Reclame Aqui. 

    É importante se atentar que a empresa precisa ter instalações específicas para operar com aparelhos auditivos, com licença da vigilância sanitária.

    A grande maioria dos aparelhos auditivos não são a prova d’água, caso o seu não seja ele não deve ser molhado como a maioria dos objetos eletrônicos, pois ele possui circuitos eletrônicos que podem ser danificados com o contato direto a água.

     

    Defeitos que podem ocorrer ao molhar o aparelho auditivo

    • Entrar em curto-circuito e dar perda total no aparelho.
    • Mau contato (ligar somente as vezes).
    • Oxidar o suporte da pilha.

     

    O que fazer se eu molhar o aparelho acidentalmente? 

    • Desligue seu aparelho imediatamente
    • Remova a bateria e seque-o cuidadosamente com um pano seco
    • Pegue um copo com arroz cru e coloque o aparelho dentro
    • Deixe secar por 24 horas, não utilize secador ou aquecedor, isso pode danificar o circuito eletrônico

    Agende um teste grátis: insira suas informações e ligaremos para você!