Agende um teste grátis: insira suas informações e ligaremos para você!

    Saiba se isso pode ser perda de audição

    Grande parte das pessoas começam a apresentar sinais quando dizem que escutam, mas não entendem o que outras pessoas falam.

    Isso ocorre pois nossa fala é composta pelo som das vogais (a, e, i, o, u), e das consoantes (s, ss, f, ch, c, t, v…). 

    As vogais têm sons mais graves e volume mais alto, enquanto as consoantes têm sons mais agudos (finos) e volume mais baixo. Geralmente a perda a audição ‘inicia’ pelos sons agudos (mais finos) e depois pelos sons mais graves

    Os sons mais finos são responsáveis pela discriminação das palavras, então a pessoa fica na dúvida se escutou “faca” ou “vaca”, por exemplo, justamente porque a perda auditiva nos sons agudos não permite que diferencie esses sons. 

    Essa situação é muito comum entre os idosos, devido ao envelhecimento natural do ser humano, a cóclea (órgão responsável pela audição) é uma das estruturas que é afetada.

    A piora do entendimento de fala pode ocorrer dependendo do ambiente em que a pessoa está. Por exemplo, em uma situação onde a pessoa está em um local silencioso com poucas pessoas ao seu redor, a compreensão é mais fácil, porém quando se está em uma área barulhenta, a dificuldade em assimilar a fala piora, pois há ruído externo.

    Escuto mas não entendo

    A recomendação é buscar um especialista o quanto antes para realizar o exame de audiometria, que avaliará sua capacidade de ouvir e interpretar os sons.

    Agende um teste grátis: insira suas informações e ligaremos para você!