(11) 2620-2620 - Fale Conosco
Quanto tempo leva para se adaptar com os aparelhos?

Semanas ou meses, geralmente.

Depende de fatores como:

  • idade
  • tipo, grau e tempo da perda auditiva
  • recursos do aparelho auditivo
  • tempo de uso diário do aparelho auditivo
  • processamento auditivo
  • ambientes sonoros que frequenta

Todos esses fatores, somados, contribuem para a adaptação aos aparelhos auditivos. Se você é uma pessoa que aprende novas tarefas rapidamente e lida bem com mudanças, é provável que você se adapte mais rapidamente aos aparelhos auditivos. Se, ao contrário, você é mais resistente a mudanças e leva mais tempo para aprender novas tarefas, precisará de mais tempo para se adaptar.

Dificilmente, alguém consegue se adaptar aos aparelhos auditivos em alguns dias. A adaptação envolve reaprender a ouvir, dessa vez com aparelhos auditivos que aumentam o volume das coisas.

Quando você percebeu a sua dificuldade para ouvir, a sua perda auditiva já estava presente há algum tempo. Durante este período, seu cérebro foi “desaprendendo” a ouvir. Com os aparelhos auditivos, você iniciará um processo de aprendizagem auditiva novamente e isso leva algum tempo.

A persistência é a principal característica de quem se adapta aos aparelhos auditivos. Não importa quanto tempo vai demorar desde que você perceba que suas queixas auditivas estão diminuindo dia após dia. 

Como eu escolho o meu aparelho auditivo?

A escolha do aparelho auditivo depende de fatores como:

  • o tipo e o grau da perda auditiva
  • a anatomia da orelha e do conduto auditivo
  • o estilo de vida
  • o grau de dificuldade de compreensão de fala
  • a exigência estética
  • a acuidade visual
  • a destreza manual
  • as restrições médicas (infecções recorrentes, por exemplo)

 

Existem produtos cuja escolha depende apenas de exigências do comprador (celular, por exemplo). No caso dos aparelhos auditivos, a escolha depende de dois personagens: o usuário com sua família e a equipe técnica da empresa. A equipe técnica contém fonoaudiólogos responsáveis por selecionar algumas opções de aparelhos considerando aspectos clínicos explorados na entrevista (anamnese), exames e testes auditivos da primeira consulta. O usuário e sua família, além de considerarem fatores convencionais de qualquer produto, consideram também aspectos relacionados ao seu estilo de vida e a sua satisfação com o som oferecido pelos aparelhos auditivos.

O tipo de adaptação (aparelho atrás da orelha, aparelho dentro da orelha, etc.) depende de critérios clínicos de indicação (grau e tipo da perda auditiva). Esses critérios levam em consideração a boa adaptação dos aparelhos e podem não corresponder às expectativas de se usar um aparelho auditivo.

Contato via Whatsapp

Olá, nosso atendimento via é feito através do número 2620-2620

Caso esteja visualizando essa página através de um dispositivo móvel e possua o Whatsapp instalado, clique aqui